Sociedade Ponto Verde

Fenix Partner
SOCIEDADE PONTO VERDE (SPV), é uma entidade privada sem fins lucrativos com a missão de promover a recolha selectiva, a retoma e reciclagem de resíduos de embalagens em Portugal. Tem por objectivo garantir a reciclagem de resíduos de embalagem e recuperação definida na lei portuguesa. SPV administra o sistema Ponto Verde português.

De acordo com a legislação comunitária transposta para o ordenamento jurídico nacional, a responsabilidade pela gestão e destino final dos resíduos de embalagens cabe aos operadores económicos que colocam embalagens no mercado. Contudo, essa responsabilidade pode, nos termos da lei, ser delegada numa entidade devidamente licenciada para o efeito.

A SOCIEDADE PONTO VERDE tem por missão organizar e gerir - em nome dos embaladores/importadores, fabricantes de embalagens e materiais de embalagem e distribuidores - a retoma e valorização de resíduos de embalagens, através da implementação do Sistema Integrado de Gestão de Resíduos de Embalagens (SIGRE), também conhecido como Sistema Ponto Verde.

O Sistema Integrado de Gestão de Resíduos de Embalagens (SIGRE), foi criado pela Sociedade Ponto Verde (SPV), de forma a dar cumprimento às suas obrigações ambientais e legais, através da organização e gestão de um circuito que garante a retoma, valorização e reciclagem de resíduos de embalagens não-reutilizáveis.

O Sistema Ponto Verde é um SIGRE dinamizado pela SPV que assenta na articulação de responsabilidades e processos entre um conjunto de parceiros. Visa valorizar e reciclar resíduos de embalagens, contribuindo para a diminuição do volume de resíduos depositados em aterro.

Para mais  informação por favor visite www.pontoverde.pt
Actividades principais : 

  • Presta apoio às autarquias com programas de recolha selectiva e triagem de embalagens não-reutilizáveis.
  • Assegura a retoma, valorização e reciclagem dos resíduos separados, através de vínculos contratuais que possui com os fabricantes de embalagens e de materiais de embalagem (papel/cartão, vidro, plástico, madeira, aço e alumínio);
  • Assume a gestão e destino final das embalagens não-reutilizáveis após consumo colocadas no mercado nacional pelos embaladores e importadores;
  • Garante junto dos distribuidores que as embalagens não-reutilizáveis estão abrangidas por um Sistema Integrado de Gestão de Resíduos de Embalagens (SIGRE);
  • Promove a sensibilização e educação ambiental junto dos consumidores;
  • Apoia programas de investigação que fomentem o desenvolvimento do mercado de produtos e materiais reciclados.
Papel no projecto: 

SPV é um importante sócio no projecto FENIX, uma vez que estará directamente envolvido em quase todas as tarefas ou como facilitador de informações.

SOCIEDADE PONTO VERDE (SPV) facilitará os seus próprios dados sobre a recolha de resíduos, transporte e recuperação para criar os modelos. SPV terá um papel importante na selecção de valorização de resíduos e opções de tratamento. Os usuários serão capazes não só de utilizar o programa final no seu trabalho diário mas também na tomada de decisões futuras. Isto significa poder decidir a melhor localização de uma nova fábrica, ou de atribuir diferentes fracções de resíduos a instalações de tratamento de resíduos ou tecnologias.

SPV facilitará o contacto com os seus membros e partes interesadas na recolha de dados procedentes do tratamento de resíduos e reciclagem.

Os municípios portugueses usarão este software visto que será flexível e permitirá mudar parâmetros de tratamentos específicos de resíduos de outras localizações a nível europeu. O software estará disponível no site de SPV.
SPV e ECOEMBES serão responsáveis pela ACÇÃO 9 – base de transferência, onde se avaliará a transferência de conhecimento do projecto FENIX a um país europeu de leste.